Pastel de nata

pastel de nata

Como escolher o melhor pastel de nata?

As numerosas pastelarias e cafés em todo o país vendem Pastéis de Nata, mas nem todas as pastelarias têm pastéis de nata de qualidade! Alguns critérios: o recheio do pastel de nata não pode ser demasiado doce e tem de ter sabores equilibrados, a massa tem de ser estaladiça e pouco gordurosa. O pastel de nata tem de ser tão bon morno como frio.

Quais são os pastéis de nata?

Os pastéis de nata ou pastéis de belém são uma das mais populares especialidades da doçaria portuguesa. Embora se possam saborear pastéis de nata em muitos cafés e pastelarias, a receita original é um segredo exclusivo da Fábrica dos Pastéis de Belém, em Lisboa (único local cujos doces devem receber a nomenclatura pastéis de Belém).

Qual é a diferença entre o pastel de nata e o de Belém?

Já os pasteis de nata variam de acordo com o local. Há muitas receitas do doce e, por isso, alguns são mais gostosos do que outros. Mais densa, a massa do pastel de nata se difere um pouco da utilizada no pastel de Belém. Com quase 200 anos de história, o pastel de Belém é reconhecidamente português.

Quais são os critérios para o recheio do pastel de nata?

Alguns critérios: o recheio do pastel de nata não pode ser demasiado doce e tem de ter sabores equilibrados, a massa tem de ser estaladiça e pouco gordurosa. O pastel de nata tem de ser tão bon morno como frio. Parece simples mas requer uma boa técnica pasteleira.

Qual a diferença entre os pastéis de Belém e de nata?

Pastéis de Belém e Pastéis de Nata - Qual a Diferença? Os Pastéis de Belém e os Pastéis de Nata são os mais tradicionais e conhecidos doces da pastelaria portuguesa. Mas à primeira vista, um brasileiro pode estranhar: um pastel com cara de empada e doce.

Onde é feito o pastel de Belém?

Pastel de nata, a contrário do que muitos pensam, não é igual ao pastel de Belém, sabia? É comum que haja confusão com esses doces portugueses, porém é fundamental conhecer a diferença entre eles. O pastel de Belém é apenas um. Ele é feito na Fábrica de Pasteis de Belém, bem ao lado do Mosteiro dos Jerônimos, em Belém.

Por que os pasteis de Belém são chamados de pasteis?

Numa tentativa de sobreviver alguém começou a vender os pasteis do mosteiro cá fora, e estes rapidamente se tornaram conhecidos e começaram a ser chamados de Pasteis de Belém. Na época, Belém era fora de Lisboa, estava separado do resto da cidade e para chegar a Belém as pessoas apanhavam barcos a vapor.

Qual a diferença entre o creme de leite de nata e o de Belém?

Há quem diga que o de nata leva nata (no Brasil é o nosso creme de leite) e o de Belém não, e há quem diga que são a mesma coisa, diferenciando só o marketing e a tradição.

Além do forno, você também pode usar a fritadeira elétrica (airfryer) para fazer os pastéis. Estas foram algumas opções para você fugir do tradicional e preparar pastéis com recheios incríveis em sua casa. Mas, e você como costuma preparar seu pastel?

Postagens relacionadas: