Pcp ucrania

pcp ucrania

Por que o PCP não foi capaz de sair do buraco?

“O PCP não só não foi capaz de sair do buraco, como foi cavando vários buracos. Depois de condenar o Ocidente, a NATO e os EUA, defendendo Vladimir Putin, sem se aperceber que Putin é uma das referências da direita radical atual, o PCP só condenou Putin devido às críticas que ele fez a Lenine”, acusa o politólogo, disparando:

Qual a visão do PCP sobre a invasão russa?

PCP ‘corrige’ A 22 de fevereiro, dois dias antes do arranque da invasão russa na Ucrânia, o PCP publicava um comunicado dando conta da sua visão do conflito, e acusando, principalmente, as “décadas de política de tensão e crescente confrontação dos EUA e da NATO contra a Federação Russa”.

Por que os manifestantes portugueses exigiram o fim da invasão russa da Ucrânia?

Em Lisboa, frente à Embaixada da Federação Russa, os manifestantes – ucranianos, portugueses, e não só – exigiram o fim da invasão russa da Ucrânia, apelando à paz e ao diálogo. No local, rapidamente se identificaram várias figuras políticas: desde João Cotrim Figueiredo, líder da Iniciativa Liberal (IL), até Inês Sousa Real, porta-voz do PAN.

Quem exigiu o fim da invasão da Ucrânia?

Um pouco por todo o mundo, milhares de pessoas saíram às ruas para protestar contra as ações do Governo russo, e Portugal não foi exceção. Em Lisboa, em frente à Embaixada da Federação Russa, os manifestantes – ucranianos, portugueses, e não só – exigiram o fim da invasão russa da Ucrânia, apelando à paz e ao diálogo.

Quais são as consequências da invasão russa para a Ucrânia?

A Ucrânia decretou lei marcial — o que significa que os militares assumem o controle temporariamente — e cortou relações diplomáticas com a Rússia. O presidente Zelensky instou os russos a protestar contra a invasão e disse que armas seriam distribuídas a qualquer pessoa na Ucrânia que desejasse.

O que aconteceu com a Ucrânia no quinto dia de invasão russa?

A Ucrânia entrou nesta segunda-feira (28/02) no quinto dia de invasão russa — com representantes de Kiev e Moscou reunidos em Belarus para discutir um acordo de paz entre os dois países. É a primeira vez que eles se reúnem desde que a Rússia invadiu a Ucrânia, na última quinta-feira (24/02) — mas as expectativas não são altas.

Qual foi a primeira vez que os russos se reúnem na Ucrânia?

É a primeira vez que eles se reúnem desde que a Rússia invadiu a Ucrânia, na última quinta-feira (24/02) — mas as expectativas não são altas. Antes da reunião, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse que seu país queria um cessar-fogo imediato e a retirada das tropas russas do território ucraniano.

Postagens relacionadas: